BLOG DA CEDUSP

Ecodopplercardiograma: Tudo o que você precisa saber sobre o exame

Atualmente, o ecodopplercardiograma trata-se de um exame bastante simples e acessível. A seguir, vamos entender mais a fundo o que é, como é feito, para que serve, quais são os tipos existentes e muito mais. Tudo o que você precisa saber sobre o exame. Confira!

Muito provavelmente, se você já teve algum problema no coração em que foi necessário a realização de um exame, já deve ter ouvido falar sobre o ecodopplercardiograma. Mas, você sabe o que é de fato o exame e para que ele serve?

O ecodopplercardiograma é um tipo de exame desenvolvido para verificar com a maior minúcia possível as anomalias e doenças existentes no coração. Conceituando de forma bem simplificada, pode ser considerado um tipo de ultrassom que consegue fazer um mapeamento dos fluxos sanguíneos do coração. Além de diferenciá-los por cor, também demonstra os aspectos morfológicos do órgão.

Atualmente, o ecodopplercardiograma trata-se de um exame bastante simples e acessível. Por ter uma quantidade de informações muito rica para o médico, é comumente solicitado. Seu resultado, muito mais específico, traz grande diferença aos diagnósticos e tratamentos.

A seguir, vamos entender mais a fundo o que é, como é feito, para que serve, quais são os tipos existentes e muito mais. Tudo o que você precisa saber sobre o exame. Confira!

Ecodoppler: o que é e como é feito?

Feito de forma completamente não-invasiva, o ecodoppler é fundamentalmente um ultrassom comum, aos olhos de leigos. Basicamente, o exame avalia o funcionamento da válvula cardíaca e também sua eficiência ao bombear.

 

A aplicação da técnica Doppler, por sua vez, fornece informações significativas sobre a circulação sanguínea. Uma vez que, através das imagens, o médico consegue analisar o fluxo sanguíneo de forma mais detalhada, por conta da diferenciação de cores. A velocidade do fluxo e direção que se segue também são observados, tornando assim, o exame ainda mais preciso.

Durante o exame, são capturadas imagens e vídeos através da emissão de ondas de som de alta frequência. Para fazer tal captura, o paciente é colocado deitado em uma maca. Por não ser invasivo de forma alguma, não é necessária anestesia, nem contraste ou qualquer tipo de sedação. Desta forma, o exame se dá unicamente pelo deslizamento de um pequeno aparelho pelo tórax do paciente com a ajuda de um gel.

De acordo com a solicitação, o médico segue buscando e ampliando as imagens que serão de mais valia para o caso. Vale também salientar que, por se tratar de um exame muito simples, não existe necessidade de um preparo específico antes de o paciente fazê-lo. Apenas será impossibilitado de fazer o paciente que tiver uma grande lesão cutânea local que impeça a aplicação do gel e o deslizamento do aparelho sobre a pele.

Para que o ecodopplercardiograma é indicado?

Ecodopplercardiograma é realizado para que se tenha uma melhor análise do funcionamento do coração, já que oferece um rol de informações em tempo real. Além disso, através do exame, o médico poderá avaliar problemas como: insuficiência cardíaca, sopro, sequelas de infarto e anomalias congênitas. Também poderá acompanhar evoluções importantes dos supracitados, bem como fazer o acompanhamento de cirurgias prévias.

Assim, é válido dizer que a importância do monitoramento feito pelo exame se dá em obter o maior detalhamento possível sobre a situação cardíaca do paciente. Dessa forma, o médico responsável pelo tratamento do paciente conseguirá indicar com uma maior exatidão e segurança tratamentos e/ou cirurgias possivelmente necessárias.

Tipos de ecodopplercardiograma existentes

Ainda que o ecodopplercardiograma seja comum, vale salientar que não existe apenas um tipo de exame. Dentre eles, os mais comuns são:

 

  • Ecodopplercardiograma transtorácico: verifica o funcionamento do coração de modo geral.
  • Ecodopplercardiograma fetal: verifica, enquanto ainda no útero, o funcionamento do coração do feto. Consegue identificar arritmias e cardiopatias em geral. Facilita o pediatra a já traçar um plano imediato ao nascimento ou, quando necessário, já possibilita a antecipação do tratamento intrauterino.
  • Ecodopplercardiograma transesofágico: mais atípico, indicado principalmente para pessoas que possuem próteses nas válvulas cardíacas ou que passarão por cirurgias. Por ser um pouco mais invasivo, necessita de sedação. Requer a inserção do aparelho de ultrassom via esôfago, conseguindo assim imagens com maior nitidez e qualidade.
  • Ecodopplercardiograma com estresse: utilizado para avaliar o coração de pessoas com doenças coronárias ou nas válvulas cardíacas. Avalia o coração e todo seu aparelho diante de situação de estresse que pode ser provocada por atividade física ou por medicamentos específicos.

 

Os principais alvos do ecodopplercardiograma são pacientes já diagnosticados com doenças cardíacas, que possuem histórico familiar, para acompanhamento de cirurgia e para acompanhamento do desenvolvimento dos órgãos internos, como no caso dos fetos.

Desta forma, o tipo de exame a ser realizado deverá ser indicado pelo médico responsável pelo acompanhamento do paciente. Além disso, o exame por permitir analisar aspectos morfológicos e funções cardíacas é fundamental para avaliar a persistência de sintomas corriqueiros como fadiga intensa, falta de ar, aceleração do coração, assim como outros sintomas que podem indicar alguma alteração no órgão.

Quais são as doenças que o ecodopplercardiograma é capaz de diagnosticar?

Com acesso a todas as imagens, o cardiologista poderá conferir a presença ou não de uma série de situações cardiológicas no paciente. Incluem-se aqui, descoberta de doenças, cardiopatias e acompanhamentos de condições pré-existentes. Dentre elas, é possível destacar:

  • Insuficiência cardíaca
  • Sopro – insuficiência das válvulas
  • Doenças congênitas – doenças que aparecem desde o nascimento
  • Doenças do pericárdio
  • Doenças da aorta
  • Tumores
  • Crescimento de cavidades atriais e ventriculares
  • Presença de coágulos

 

Vale ressaltar que para que se tenha um resultado bem fiel, a qualidade e a competência, tanto do profissional que executa, quanto do equipamento utilizado é fundamental. Portanto, quando necessária a realização do exame, busque por uma clínica confiável.

Neste ponto, a Cedusp pode te ajudar. Somos uma empresa especialista em exames por diagnóstico de imagens com diversos profissionais capacitados, equipamentos de ponta e ótima infraestrutura. Tudo o que você precisa para um correto diagnóstico e acompanhamento.

A importância do ecodopplercardiograma

Como vimos, a realização do ecodopplercardiograma, quando tem uma boa indicação e execução, é de grande relevância. Logo, pode fazer toda a diferença na precisão do diagnóstico, no encaminhamento do paciente para cirurgia e também no acompanhamento de situações já existentes.

Dito isso, fornecer ao médico responsável pela sua saúde os subsídios básicos necessários para que ele cuide de você da melhor forma possível, é uma ótima forma de garantir o seu bem-estar. Desta forma, optar por realizar exames de qualidade e com grande capacidade de entrega de resultados é um ótimo modo de fazer isso.

Portanto, consulte seu médico regularmente e faça todos os testes por ele indicados. Assim você cuidará de você e manterá sua saúde em dia.

Novidades

Compartilhe

Você também pode gostar

escolha a unidade mais próxima de você

Duas unidades em Guarulhos com toda a excelencência e conforto que você merece!

A CEDUSP é parceiro oficial de dezenas de clínicas médicas espalhadas por toda Guarulhos e também é o braço médico de diversos profissionais que atuam em seus consultórios nas mais variadas especialidades.

UNIDADE CENTRO

UNIDADE TABOÃO